Buscar
  • jornaltpadm

NOTA DE REPÚDIO

FBJJP repudia ato de vandalismo praticado em Brusque por cadeirante competidor do ParaJiu-Jitsu.



A Federação Brasileira de Jiu-Jitsu Paradesportivo vem a público expressar repúdio ao ato de vandalismo praticado na cidade de Brusque (SC), neste domingo, 6 de junho, por atleta cadeirante que competiu no AJP Tour South America Continental Pro.

A FBJJP foi surpreendida por notícia publicada em órgão de imprensa local relatando que um homem de 29 anos foi flagrado pela polícia militar de Santa Catarina enquanto pichava uma estrutura pública na cidade de Brusque.


Infelizmente, segundo o noticiado, o homem é um atleta cadeirante do ParaJiu-Jitsu, residente em Ribeirão Preto (SP), que estava na cidade para participar do supracitado campeonato. Ainda segundo a notícia, o homem assinou termo circunstanciado e vai responder pelo ato de vandalismo.

A FBJJP gostaria de expressar total repúdio pelo ato e lamentar que um atleta do ParaJiu-Jitsu esteja envolvido. A FBJJP reitera que tem como missão promover o ParaJiu-Jitsu como ferramenta de reabilitação e inclusão da pessoa com deficiência.

A FBJJP deseja ainda reforçar que o ato de vandalismo praticado pelo atleta cadeirante em nada reflete os valores da entidade, assim como o espírito do ParaJiu-Jitsu de buscar uma sociedade harmônica e respeitadora de regras e leis.


A FBJJP convida a todos para que conheçam de perto o movimento do ParaJiu-Jitsu e descubram que ele é regido exclusivamente pelos valores mais altos, sempre buscando instrumentalizar os indivíduos para que eles construam um mundo melhor.

• Elcirley Luz Silva, Presidente FBJJP.

• Mario Edson de Oliveira Silva, Vice-Presidente da FBJJP



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo