Buscar
  • jornaltpadm

Apae de Brusque participa do Concurso de Cartões de Natal 2021

Instituição também irá sediar etapa regional do concurso

Desde segunda-feira, 19 de julho, quem chega até a sede da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Brusque tem a sensação que o Natal chegou mais cedo na instituição. Isso porque estão sendo expostos mais de cem trabalhos produzidos pelos alunos da entidade com o tema, para o Concurso Regional de Cartões de Natal 2021. O projeto é uma iniciativa da Federação Estadual das Apaes, através da Coordenação Estadual de Arte e coordenadores de Arte Regionais, e tem como objetivo selecionar trabalhos para o concurso nacional, que serão utilizados para a campanha de final de ano.

Produção e estimulação

Assim, nas últimas semanas, alunos, colaboradores e familiares estiveram envolvidos com o processo de produção dos trabalhos, que contou com uma formação para os professores, bem como orientações para as famílias a respeito do processo de confecção dos cartões.

Segundo a orientadora pedagógica da Apae de Brusque, Sandra Sapelli de Almeida Waldrigues foram utilizadas diversas técnicas com tintas, aquarela, lápis de cor, giz de cera, entre outros, que permitiram a confecção dos materiais bem como proporcionaram aos alunos diversos estímulos sensoriais. “Percebemos um grande ganho em participar com os alunos e professores desse projeto. A questão da inclusão é algo incrível e trabalhamos com todos os alunos diversas maneiras de eles se expressarem, de demonstrarem as formas que eles veem a vida. E é muito importante para a Apae oferecer essas oportunidades para os alunos demonstrarem seus talentos, onde todos se envolvem e a sociedade conhece o que é feito aqui”, comentou.

Com 279 alunos, a Apae de Brusque produziu mais de cem trabalhos, com o intuito de que todos os alunos participassem de algum modo, já que uma das novidades do concurso deste ano foi a possibilidade de produção coletiva do cartão, o que permitiu a inclusão ainda maior. “Foram várias técnicas utilizadas para envolver os alunos que possuem mais dificuldades motoras e de expressão e, quando isso ocorre, um complementa o trabalho do outro para o desenvolver do desenho. E neste processo percebemos o encantamento deles com as possibilidades, com as cores, com o que saiu do papel, o que os deixou muito felizes”, completou Sandra.

Etapas

O concurso local iniciou nesta segunda-feira, 19, e vai até sexta-feira, 23. A votação nesta etapa será realizada pelos profissionais que atuam na Apae de Brusque e também pelos pais e familiares dos alunos. Os trabalhos estão sendo apresentados na sede da instituição, sem identificação do nome do autor, para que a escolha seja democrática. A divulgação do trabalho que irá representar a Apae de Brusque será no dia 26 de julho.

Este ano, a entidade brusquense também irá sediar a etapa regional do concurso. Assim, no dia 21 de agosto acontece a votação da etapa regional, onde cada uma das 11 Apaes que integram o Médio Vale estará representada por um trabalho. Serão convidados cinco profissionais formados em artes visuais para a votação e seleção do trabalho que irá representar a região na etapa estadual.

A divulgação do trabalho vencedor do Médio Vale será divulgado em uma live, no dia 21 de agosto, durante um evento relacionado a Semana do Folclore e também a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência, que irá ocorrer na sede Apae de Brusque. Já no dia 15 de setembro acontece a etapa estadual, onde o trabalho regional escolhido irá concorrer com demais do Estado.

Possibilidades e conquistas

De acordo com o Coordenador Regional do Núcleo Artístico das Apaes do Médio Vale, Evailson Inomata, o Vavá, que é artista visual e arte educador da Apae de Brusque, o concurso buscou mobilizar as demais unidades da região para estimular a participação dos alunos no concurso, não pela competição em si, mas pela importância inclusiva que o projeto está proporcionando. “A primeira proposta é sermos mais inclusivos e possibilitar a arte ao maior número de pessoas. E queremos justamente envolver todos, independentemente de suas dificuldades, já que a participação é o maior prêmio que podemos ter: vendo o processo de produção dos alunos, a superação de cada um, a evolução e a conquista de pequenas coisas. Esperamos que os trabalhos das demais instituições também estejam bem bacanas, com muita sensibilidade artística. Juntos podemos muito mais”, ressalta Vavá.

O vencedor das etapas de Brusque e também da regional serão presenteados com um troféu confeccionado e também uma obra.


Fonte: Ideia Comunicação





2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo