Buscar
  • jornaltpadm

8º Festival Nacional da Cuca é lançado em Brusque




Como forma de resgatar e valorizar a cultura alemã na cidade de Brusque, o Núcleo de Panificadoras e Confeitarias da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr), em parceria com a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Turismo, realizaram na noite de terça-feira, 22 de junho, o lançamento oficial do 8º Festival Nacional da Cuca – o doce sabor da tradição alemã. Realizado na sede da ACIBr, o evento reuniu imprensa e convidados, e teve transmissão ao vivo.

Este ano, o Festival acontece entre os dias 8 a 18 de julho e, assim como em 2020, novamente será realizado de forma híbrida, com lives e com a comercialização de cucas em oito panificadoras que integram o Núcleo: Cafeteria e Panificadora Vila Fiorinda; Panificadora e Confeitaria Moriá; Padaria e Confeitaria Sodepan; Sassipan Panificadora e Confeitaria; Panificadora Zen; Panificadora e Confeitaria Panissa; Sol Panificadora e Confeitaria e Panificadora Danine.


Herança gastronômica

Durante o lançamento, a presidente da ACIBr, Rita Cassia Conti enalteceu o trabalho realizado pelo Núcleo de Panificadoras, que em 2020, em parceria com a Prefeitura de Brusque, promoveu o festival de forma adaptada, em um cenário onde muitas ações e eventos foram cancelados. “Parabenizamos o Núcleo, não apenas por fazer tantas delícias, que apreciamos de geração em geração, mas por ser um Núcleo inovador, já que em 2020, em plena pandemia, eles reinventaram o evento. É um case de sucesso para o país e que novamente se repete esse ano. Sabemos que a cuca adoça nosso paladar e nosso coração e esperamos que o público possa prestigiar e se deliciar”, comentou.

Assim como ela, a coordenadora do Núcleo, Patricia Panissa Kruger também destacou a adaptação do evento, e falou sobre as expectativas das panificadoras participantes. “Esse formato foi muito bem aceito no ano passado, vendemos muitas cucas, nossos clientes nos prestigiaram e este ano as nossas expectativas são melhores ainda, pois o público já sabe como funciona. Vamos ter todos os cuidados em relação à pandemia e esperamos que todos possam prestigiar este período, que é o mais doce da nossa cidade”, completou.

O diretor de Turismo, Ivan Jasper ressaltou a importância do Festival, não só de forma econômica mas também cultural. “O turismo gastronômico volta nosso olhar para nossas origens. As comidas preparadas pelas nossas famílias nos remetem o carinho e o aconchego do lar, e a cuca é exatamente isso. Não é apenas uma cuca, ela traz a história dos nossos ancestrais, nos traz a memória afetiva. E fazer esse festival é retomar e valorizar a nossa história e cultura juntas. Sem falar na parte econômica, já que Brusque hoje é conhecida pela sua gastronomia da cuca. E temos certeza que este será mais um evento de sucesso”, declarou.

Também presente na oportunidade, o prefeito de Guabiruba, Valmir Zirke da mesma forma falou sobre importância do evento, não apenas para o fomento das panificadoras de Brusque e região, mas também pela preservação das tradições e culturas locais.


Programação

A partir do dia 8 de julho, quinta-feira, o público poderá degustar as cucas do Festival nos oito estabelecimentos que participam do evento, sem aglomeração, com distanciamento, uso obrigatório de máscaras, onde todas as panificadoras também disponibilizarão álcool gel, e demais medidas necessárias.

O público poderá adquirir as cucas produzidas na região nas próprias panificadoras participantes, semelhante ao tradicional ‘Mercado da Cuca’ do evento. As cucas serão disponibilizadas para venda em uma embalagem, identificada pelo Festival, onde o público poderá adquirir e levar para casa.

Além disso, neste ano, a cada cuca adquirida no Festival, em qualquer uma das panificadoras participantes, o público ganhará uma cartela. Ao completar a cartela com cinco adesivos o consumidor será premiado com uma caneca exclusiva do evento.

A programação completa do Festival e as transmissões ao vivo que serão realizadas poderão ser conferidas nas redes sociais oficiais do ‘Festival Nacional da Cuca’.


Concurso “A Cuca NOTA 10 do Brasil”

Dentro da programação do Festival acontece também a 8ª edição do Concurso “A Cuca NOTA 10 do Brasil”. O concurso elege a melhor cuca da edição e tem como intuito estimular e valorizar a cultura culinária, bastante conhecida na região. Da mesma forma, permite o aprimoramento das receitas, trazendo novas combinações de cores, aromas e sabores.

Em 2021, são 15 receitas que concorrem e a competição está marcada para o dia 14 de julho, às 15h, na sede da ACIBr.

Serão premiadas as três melhores cucas. O primeiro lugar ganha um forno elétrico (Fischer) Turbo 2.4 New de Bancada 48 litros, um sofá e uma cadeira de balanço de fibra (Morisa Móveis), além do troféu. O segundo colocado será contemplado com uma cadeira de balanço de fibra, um liquidificador industrial (SC Equipamentos) e troféu. Já o terceiro lugar receberá uma cadeira de balanço de fibra (Morisa Móveis), cestas de produtos (Werner Alimentos) e troféu.

A divulgação do resultado está marcada para 17 de julho, durante a live de encerramento do 8º Festival Nacional da Cuca.


Panificadoras participantes do 8º Festival Nacional da Cuca:

- Cafeteria e Panificadora Vila Fiorinda

-Panificadora e Confeitaria Moriá

-Padaria e Confeitaria Sodepan

-Sassipan Panificadora e Confeitaria

-Panificadora Zen

-Panificadora e Confeitaria Panissa

-Sol Panificadora e Confeitaria

-Panificadora Danine


SERVIÇO

8º Festival Nacional da Cuca – doce sabor da tradição alemã

-De 8 a 18 de julho - nas oito panificadoras participantes

-Programação on-line:

9 de julho, às 19h: Live de abertura com aula show do chef de cozinha Iuri Agostinho

14 de julho, às 15h: Live do concurso "A Cuca Nota Dez do Brasil"

17 de julho, às 18h: Live de encerramento e divulgação dos ganhadores do concurso

(transmissões pela Inspire Filmes e Portal da Cidade)


Fonte: Ideia Comunicação






13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo