Buscar
  • jornaltpadm

24 de abril é Dia do Chimarrão!!


O Dia do Chimarrão é celebrado em 24 de abril. O chimarrão é um dos principais símbolos do estado do Rio Grande do Sul. Esse termo é o mais popular para a bebida no Brasil, mas também pode ser chamado de mate.


O chimarrão, para ser feito, precisa de: uma cuia, erva-mate moída, uma bomba e água quente. Assim, a erva-mate é montada na cuia, sendo que logo após é adicionada a água quente (ser ferver). Geralmente, a bebida é de gosto amargo, mas existem pessoas que acrescentam açúcar, assim como saquinhos de chá, como, por exemplo, de hortelã, para dar um gosto mais diferenciado. O gosto também varia dependendo da própria qualidade da erva-mate.


No Sul, portanto, o chimarrão é visto como uma bebida tradicional, sendo a preferida dos gaúchos. É visto como um símbolo da amizade, afeto e hospitalidade do gaúcho.


Uma curiosidade relacionada ao chimarrão é que cerca de 50 milhões de quilos de erva-mate são consumidos por ano, apenas no Rio Grande do Sul.


O chimarrão é um legado indígena. Porém, a lenda por trás da origem do chimarrão se dá no ano de 1536, quando os soldados espanhóis atracaram na foz do Rio Paraguay, admirados pela extrema fertilidade da terra ao redor do rio, fundaram a cidade Assunción de Paraguay, a primeira cidade da América Latina.


Esses mesmos soldados, pela saudade existente de suas famílias, eram famosos por estarem sempre bêbados. Descobriu-se, nesse ponto, que a erva-mate era eficaz no alívio das ressacas ? notando que os índios Guaranis não sofriam com esse problema, pois tomavam essa bebida (chamada na época de chá de ervas). Então, foi nesse momento que os soldados resolveram tomá-la com a intenção de curar suas bebedeiras.


No Sul do Brasil, naquele mesmo período, os índios Guaranis também já tomavam o Caá, em porongo (conhecido também como cabaça, sendo utilizada para criar a cuia do chimarrão), sorvendo o Caá-y (bebida do mate, ou seja, o chimarrão) por meio do tacuapi (era a bomba primitiva feita de taquara). Diz-se que essa era uma tradição herdada do Deus Tupã.




12 visualizações0 comentário